Formação 20/02/2014

Sinttel Bahia promove curso de Oratória e Negociação para dirigentes sindicais

Nos dias 23 e 24 de maio, o Sinttel Bahia promoveu o Curso de Oratória e Negociação para Dirigentes Sindicais. O evento foi ministrado pelos assessores da Federação Nacional dos Trabalhadores em Telecomunicações - Fenattel, Fernando Blando e Antônio Toschi, no Hotel Porto Bello, em Ondina, Salvador.

O curso teve como objetivo qualificar e melhorar o desempenho dos diretores com o intuito de potencializar a realização das suas demandas diárias atendendo da melhor forma possível os anseios dos trabalhadores telefônicos.  

No dia 23, os dirigentes participaram de uma simulação de negociação, na qual foi colocada em prática a realidade de uma negociação entre sindicato e patronato. Os trâmites negociais, como elaboração de pauta, realização de assembleia, reuniões de negociação, dentre outros, foram abordados na simulação. As ações decorrentes de uma negociação frustrada, que podem acarretar em paralisações, greve e dissídio coletivo também foram discutidas. Ainda no dia 23 foi oferecido o curso de Oratória, onde foram abordados os medos e traumas ao falar em público. Dicas de comportamento, vestuário, dicção e etc. foram alguns dos tópicos apresentados.

No segundo dia de curso (24), ocorreu um debate que teve como temática “A atual Conjuntura Política”. Participaram das discussões os dirigentes do Sinttel Bahia, Marcos Pires e Orlando Helber; o diretor da Central Única dos Trabalhadores – CUT Bahia, Paulo Abdala; e o secretário do Partido Socialismo e Liberdade - PSOL, Rafael Digal.

No debate, Marcos Pires salientou a importância do sindicato para o trabalhador frente à necessidade de manutenção das atividades contra o golpe. “Precisamos intensificar as mobilizações nas ruas. A classe trabalhadora deve manter-se unida na luta contra a retirada dos seus direitos”, disse.

Para o assessor da Fenattel, Antônio Toschi, o curso promovido pelo Sinttel Bahia é de extrema importância e fundamental para a lapidação e atualização do dirigente sindical como pessoa e profissional. Afirmando que não são todos os sindicatos que se preocupam com a qualificação dos dirigentes sindicais , Toschi parabeniza o Sinttel pela iniciativa do curso.

 

     

 

 

 

Sindicalize-se + Mais

Galerias + Fotos

sem imagem sem imagem sem imagem sem imagem

Charges + Mais